Categorias
Críticas

O futuro como festival da fé em Divino Amor

O Brasil em 2027. Se o exercício é o de imaginar como vamos estar organizados como sociedade daqui a 18 anos, múltiplas respostas montam um mosaico de cenários: economicamente instáveis; reféns de uma política autoritária; esperando a volta do Messias; menos laico que nunca. O diretor Gabriel Mascaro (Ventos de Agosto; Doméstica) apresenta uma distopia […]